segunda-feira, 10 de setembro de 2012

TERAPIA CAPILAR PARA O COURO CABELUDO COM ÓLEOS VEGETAIS

Postado por Mah às 16:25

Olá meninas, tudo bem com vocês? Muitas meninas me perguntaram sobre o uso de óleos no couro cabeludo então eu resolvi explicar quem pode fazer e como deve fazer.

óleo vegetal

Antes disso, gostaria de explicar para vocês que o combate a queda ou a aceleração do crescimento dos fios, podem ser feitos apenas de duas formas: com a ingestão de suplementos ou com a utilização de produtos diretamente no COURO CABELUDO.

Mas eu comprei um creme de tratamento que combate a queda, e no modo de usar diz que devo aplicar no comprimento. Devo aplicá-lo no couro cabeludo?

Não, você não deve aplicar este creme no couro cabeludo. Somente se deve aplicar cremes no couro cabeludo desde que tenham sido fabricados para este fim.

Se você comprou um creme para passar nos fios com a promessa de acabar com a queda ou acelerar o crescimento dos fios, na verdade você comprou um creme para tratar a quebra dos fios e não a queda.

PRODUTOS APLICADOS NO COMPRIMENTO DOS FIOS NÃO CESSARÃO A QUEDA E MUITO MENOS ACELERARÃO O CRESCIMENTO DOS FIOS. AFINAL, A QUEDA E O CRESCIMENTO DOS FIOS OCORRE PELA RAIZ E NÃO PELO COMPRIMENTO. PORTANTO, PARA TRATAR A QUEDA E O CRESCIMENTO DOS FIOS, DEVEMOS TRATAR O COURO CABELUDO.

Voltando ao tema de hoje, muitas de vocês com certeza já fazem a umectação capilar nos fios, mas provavelmente ainda não utilizaram os óleos diretamente no couro cabeludo.

A aplicação de óleos no couro cabeludo pode trazer diversos benefícios, desde que seja realizada corretamente, senão, poderá causar problemas ao couro cabeludo.

Quem pode usar?

Quem tem o couro cabeludo seco pode suprir esta falta de óleo que as glândulas sebáceas não produz através da aplicação de óleos vegetais.

Quem tem o couro cabeludo oleoso, pode fazer o tratamento para acabar com a caspa e a queda dos cabelos que o excesso de sebo pode causar. E inclusive pode conseguir regularizar a oleosidade da raiz.

Se você quer apenas  acelerar o crescimento dos fios, esta pode ser a solução.

Quem tem o couro cabeludo oleoso, poderá aumentar a oleosidade do mesmo ao fazer este tratamento?

Não, se você seguir as recomendações de aplicação e frequência, seu couro cabeludo inclusive poderá ter o excesso de sebo dissolvido pelos óleos vegetais, ficando desintoxicado. 

Quais óleos devo utilizar em meu couro cabeludo?

Qualquer óleo vegetal pode ser utilizado, mas você deverá escolhê-lo de acordo com o beneficio que pretende ter.

Três são os óleos mais usados para o tratamento do couro cabeludo, são eles: coco, jojoba e ricino.

ÓLEO DE COCO

oleo de coco

O óleo de coco é o que tem maior poder de penetração no couro cabeludo, conseguindo nutrir o folículo piloso em profundidade, o que é ótimo para quem tem glândulas sebáceas que produzem pouco sebo. Por nutrir o folículo piloso, pode acelerar o crescimento dos fios e cessar a queda dos mesmos. É ótimo aliado no combate à caspa.

ÓLEO DE JOJOBA

jojoba

O óleo de jojoba é o melhor óleo para quem sofre com as raízes oleosas. Ele consegue desintoxicar o couro cabeludo, dissolvendo o excesso de sebo, tornando o couro cabeludo mais limpo e fresco. Desta forma, o crescimento dos fios se torna mais rápido pela ausência de barreiras e pela estimulação da circulação sanguínea local.

ÓLEO DE RICINO

óleo de ricino

O óleo de ricino é um óleo com uma textura mais espessa, sendo utilizado para combater a caspa e a queda dos cabelos. Além disso, estimula o crescimento dos fios, engrossando os finos e ralos. Tem também ação antibacteriana.

Modo de usar:

O óleo de coco e o de jojoba devem ser utilizados puros, todavia, quem for utilizar o óleo de ricino, por este ser muito espesso, deverá diluí-lo para torná-lo mais fluído e aumentar sua capacidade de penetração. Misture-o com óleo de amêndoas.

Terapia Capilar do Couro Cabeludo com Óleos Vegetais:

1) Aqueça o óleo em banho maria. O óleo deve estar morno para que este consiga penetrar no couro cabeludo e trazer seus benefícios.

2) Pentear os fios até deixá-los sem nós.

3) Abrir riscas nos cabelos e aplicar o óleo em cada uma delas com as pontas dos dedos ou com o auxílio de um algodão. A aplicação deve ser feita depositando o óleo no couro cabeludo pouco a pouco.

4) Massagear em movimentos circulares por todo o couro cabeludo para melhor penetração do produto.

- Deslizando da testa para a nuca

- da nuca para a testa

- do topo da cabeça para as têmporas

- das têmporas para o topo da cabeça

5) Deixar agir por até 1 hora

6) Lavar a cabeça com xampu normalmente

Cabelos Oleosos: quem tem a raiz oleosa e quiser fazer este tratamento deve lavar os fios com xampu anti-resíduos depois do tempo de pausa para retirar os resíduos de óleo do couro cabeludo.

Se eu passar o óleo no couro cabeludo e depois lavar o cabelo com xampu anti-resíduos, perderei os benefícios do tratamento?

Não, porque o óleo conseguirá penetrar no couro cabeludo e nutrir os folículos pilosos, portanto, o excesso deste óleo no couro cabeludo pode e deve ser eliminado.

Eu tenho a raiz oleosa e não quero (ou não tenho) xampu anti-resíduos como devo fazer?

Aplique um xampu transparente por duas vezes ao lavar os fios. Se ainda sentir a raiz oleosa lave novamente com xampu neutro.

Eu posso aplicar o óleo na noite anterior, dormir e lavá-lo no dia seguinte?

Não, o óleo consegue ser absorvido em uma hora, ficar por volta de oito horas no couro cabeludo não fará com que ele penetre melhor. Pelo contrário, pode alterar a oleosidade local, havendo maior propensão à queda e caspa.

Eu posso aplicar o óleo e lavar os fios apenas com água, sem utilizar xampu?

Não, é essencial que se lave os fios com xampu para eliminar qualquer resíduo de óleo que não tenha sido absorvido e que consequentemente, poderá formar uma barreira no couro cabeludo impedindo o crescimento dos fios.

Quando lavar os fios devo aplicar apenas condicionador ou posso aplicar uma máscara?

Depende do estado do seu cabelo. Se você aplicar o óleo apenas no couro cabeludo poderá usar uma máscara no comprimento dos fios. Se o comprimento de seus fios não estiver danificado, pode usar apenas o condicionador.

OBS: Quem tiver a raiz oleosa e aplicar um xampu anti-resíduos deve utilizar uma máscara no comprimento. 

Eu realizo o cronograma capilar, como faço para encaixar este tratamento em minha rotina?

Você deve encaixá-lo no dia em que vai lavar os fios e realizar a fase de hidratação ou de nutrição. Na minha opinião o melhor a se fazer é espalhar o óleo não apenas no couro cabeludo, mas também no comprimento do cabelo realizando uma umectação capilar. A umectação capilar entraria na fase de nutrição dos fios.

Se você não quiser fazer a umectação capilar poderá após a lavagem aplicar uma máscara hidratante ou nutritiva nos fios.

Frequência: no máximo uma vez por semana (indicado para couro cabeludo seco), mais do que isso poderá haver acúmulo de óleo no seu couro cabeludo (sebo das glândulas sebáceas juntamente com o óleo vegetal). Se sua raiz é muito oleosa realize o procedimento a cada 15 dias.

OBS: Eu aconselho que você teste o seu cabelo fazendo a cada 15 dias, e depois se for necessário aumente para 1 vez por semana.

A utilização destes óleos no couro cabeludo deve ser feita com cautela, e só você saberá com que frequência seus fios devem ser submetidos ao tratamento. Teste em intervalos maiores e se seus cabelos corresponderem bem aumentem a frequência.

Esta terapia com óleos no couro cabeludo é excelente e trará benefícios de acordo com o óleo utilizado. Se tiverem mais dúvidas perguntem que eu respondo com o maior prazer.

Bjosss

15 comentários:

Mônica Manuela on 10 de setembro de 2012 20:35 disse...

Amei o post, vou fazer com óleo de rícino e de coco juntos! Dá uma passada no meu blog também, beijos. http://caprichoseafins.blogspot.com.br/ ;*

Joseane Magro de Lima on 10 de setembro de 2012 20:43 disse...

Nuooooossa! Excelente post! Procurei litros rs... por uma boa informação sobre o uso de óleos no couro cabeludo (meu é oleoso). Amei! Parabéns pelo blog! Pode ter certeza que estarei sempre por aqui! Bjos.
http://blogdajhosy.blogspot.com.br/

Joseane Magro de Lima on 10 de setembro de 2012 20:45 disse...

Excelente post! Procurei por isso litros... anos luz! Pode ter certeza que sempre estarei por aqui. Bjus.
http://blogdajhosy.blogspot.com.br/

Joseane Magro de Lima on 10 de setembro de 2012 20:47 disse...

Estou te seguindo... Se desejar retribuir... http://blogdajhosy.blogspot.com.br/

Mah on 10 de setembro de 2012 21:06 disse...

Mônica - Use sim e depois me conte, com certeza ficará ótimo o resultado. Estou indo conhcer seu blog!! Bjosss

Joseane - Obrigada pelos elogios, fico feliz em poder ajudar!!! Apareça aqui sempre que quiser!! Estou indo conferir o seu blog. Bjosss

Fefa on 11 de setembro de 2012 12:34 disse...

Mah, arrasando, hein?
Adorei saber mais uma função do meu amado óleo de coco, é meu preferido!!! O de jojoba é tão dificil de encontrar!!!

Bjs

PRODUTINHOS NO CABELO AND MAKEUPS on 11 de setembro de 2012 17:48 disse...

Mah preciso ler seus posts com calma! Vou guardar aqui no favoritos pra espiar de novo!

Beijos
Lu

Mah on 11 de setembro de 2012 18:02 disse...

Oi Fefa!! Obrigada pelos elogios!! òleo de jojoba é mais difícil de encontrar, mas tem para vender na loja Sabão e Glicerina. Óleo de coco é ótimo mesmo, serve para tudo!!
Bjsss

Mah on 11 de setembro de 2012 18:03 disse...

Oi Lucy!! Tem muita informação nos posts, mas qualquer dúvida é só falar viu!!
Bjosss

Anônimo disse...

Tenho raiz oleosa e caspa se eu fizer o uso do óleo de coco vai piorar minha caspa? Parabéns pelo blog e obrigada pela atenção.
Tamires Santos

Mah on 11 de dezembro de 2012 21:05 disse...

Anônimo, o óleo de coco irá ajudar no combate à caspa e à dermatite seborréica muito comum em raízes oleosas, devido a presença de alguns ácidos em sua composição. Utilize de acordo com o passo a passo, e leia o post sobre limpeza do couro cabeludo. Se tiver mais dúvidas pode me mandar um email que eu te ajudarei com o maior prazer. Bjsss

Receitas da Maaay on 7 de janeiro de 2013 09:47 disse...

Mah, pode ser esse óleo de coco que as pessoas usam para beber? Como esse aqui por exemplo: http://www.oleodecoco.com/promocoes-oleo-coco/oleo-de-coco-extra-virgem-promocao.html

Erika Souza on 8 de janeiro de 2013 17:04 disse...

Amei a matéria to usando o oleo de coco
seguindo o blog se puder segue o meu
bjus

cabelomakeseunhas.blogspot.com.br

Adriana Bezerra de Araujo on 6 de fevereiro de 2013 16:39 disse...

boa tarde. achei seu blog por acaso e adorei as dicas de óleos. vou fazer com óleo de jojoba. uma dúvida: posso misturar outro óleo q não seja o de amêndoas com o óleo de rícino? Bjos e aguardo sua resposta.

Mah on 27 de maio de 2013 16:11 disse...

Olá, pode ser usado sim, pois é extra virgem.
Olá Adriana, você pode usar qualquer óleo que seja mais leve, como o de girassol, semente de uva, ...

 

SOS DO CABELO Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | Ugg Boots Sale | web hosting